quarta-feira, 30 de abril de 2014

Entro na água e a poesia me inunda, o que acontece não sei, mas deixo ela me afogar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário